11 janeiro 2006

Muriel - Ruy Belo

"...Eu chegava primeiro e tinha de esperar-te
e antes de chegares já lá estavas
naquele preciso sítio combinado
onde sempre chegavas sempre tarde
ainda que antes mesmo de chegares lá estivesses
se ausente mais presente pela expectativa
por isso mais te via do que ao ter-te à minha frente
Mas sabia e sei que um dia não virás
que até duvidarei se tu estiveste onde estiveste
ou até se exististe ou se eu mesmo existi
pois na dúvida tenho a única certeza
Terá mesmo existido o sítio onde estivemos?..."

11 comentários:

fokinha disse...

:) Nao duvides...existiu mesmo...continua a esperar-me...:)

fokinha disse...

ou talvez não!!!

Pedro Ribau disse...

Parabens pelo optimo blog que tens aqui. Além dos textos adorei a selecção de fotografias que os acompanham.
Um abraço e continua

Desdemona disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
fokinha disse...

:) bem...duas fokinhas...a boa e a ma...:)

fokinha disse...

mete-te no teu lugar!!!! fokinha!!!

Eu sou a má!

Paula Raposo disse...

Ruy Belo é incomentável...Beijos, obrigada pela tua visita.

fokinha boa :) disse...

Fokinha má :), as tuas mensagens sao de facto hilariantes :) e, sem sentido.
Ah...ha agora, este blog que nao sirva para este tipo de comentários. Nem o blog, nem o autor merecem :)

dulce disse...

Beijos para ti e bom f d semana

palavras que escrevo disse...

gostei de te ver na minha cabana, gosto do teu blog, da tua poesia e de ler aqui Ruy Belo

beijinhos e voltarei

euzinha disse...

Ruy Belo é simplesmente...maravilhoso!Adorei ler Muriel foi profundo!beijos