23 agosto 2006

Longe do Céu

Numa das minhas recentes incursões por terras bávaras percebi melhor o significado das palavras: longe do céu. De facto, estar longe do céu, implica na maior parte das vezes, expormo-nos a provações, tais como, palmilhar caminhos desconhecidos, gerar novas amizades, ouvir línguas estranhas e aprender a respeitar culturas e sentires diferentes. No regresso a mudança é fundamental, porque conhecemos outra parte de nós próprios, por vezes adormecida, ou somente, assediada por desilusões pontuais. Longe do céu, mas próximo dos que, verdadeiramente, nos amam e, sobretudo, nos respeitam como pessoas que somos. Nunca irei esquecer a expressão das lágrimas contidas nos olhos do meu “mouro” amigo, ao conhecer o meu filho João Martim. Era Amor sincero e desinteressado, longe do céu, mas no seio da nossa Amizade, construída por gestos irreparáveis e por desculpas mudas que se tornam desnecessárias quando a Amizade perdura, mesmo longe do Céu.

18 comentários:

Åñäii§ disse...

Longe do céu encontrarás outros céus, os teus!

tonsdeazul disse...

Identifiquei-me com estas palavras escritas!
Um abraço

augustoM disse...

A amizade nunca está longe do céu, transportamo-la sempre connosco.
Um abraço. Augusto

Berta Saraiva disse...

por mais longe que se esteja, a Amizade verdadeira jamais será esquecida. gostei muito deste texto.
um abraço

Stella Noir disse...

tambem gostei muito :-)

Romy

Sindarin disse...

Olá amigo João! Achei mto bonito este texto. Bom fim de semana. Bjs

aprendiz de viajante disse...

O céu está nas coisas boas da vida, na amizade por exemplo, por isso talvez o céu nem esteja longe!!!

Gostei muito das tuas palavras, sensíveis!!!

Um bjo e boa semana.

tuga disse...

distancia alguma sera entrave a uma verdadeira amizade

Rui @t Blog disse...

É verdade, sem dúvida alguma.

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Seja qual for a distancia, essa amizade está lado a lado e é linda.

Adorei a expressão!
Um beijo

Musician disse...

Palavras sentidas.
Gostei muito do que li.
Um beijinho*

sleep well disse...

Gostei de saber.

Para ti disse...

Como sempre, a tua sensibilidade é comovente.É bom ter uma amizade assim...
Fica um beijo

Crónicas de Ariana disse...

«A verdadeira amizade é como a fosforescência: nota-se melhor quando tudo ficou às escuras.»(Tagore)

Depois de uns dias de descanso, estou de volta.
Aguardo a tua visita ao meu blog.

BJS

Ruby Sackville-Baggins disse...

É bom vermos que existem ainda pessoas assim, capazes de gestos simples por puro sentimento verdadeiro.

Sim, o teu texto é comovente :)
Gostei de te ler.

Ah!
Obrigada pela tua visita, volta sempre que te apetecer.

**

weg disse...

Por pensar que a amizade é o amor no seu estado mais puro é que penso que tenho poucos amigos, tenho é muitos conhecidos.

:)

Boa noite

Naru disse...

Bonito texto, faz-nos pensar.
Beijinhos e boa continuação.

RG disse...

Foz do Arelho?