16 dezembro 2005

Jardim...

Neste jardim contei-te tantas histórias…
Revelei-te segredos com segurança…
Neste jardim começou …
Tudo...
Quase, tudo…
Nada… Acabou.

4 comentários:

Sophie disse...

acho q n posso comentar grd coisa...limito-me a ler estas tuas pavras q me tocaram...nestes blogs q visto leio coisas tão simples e, às vezes, tão bonitas!!
jinhos

Antonio Rebordao disse...

Ola Helder!

Tenho tido saudades do nosso riso conjunto. Encontrei o teu blog e reencontrei-te na escrita.

Sinto uma melancolia diaria pelas vivencias e memorias que tenho da Polonia e sua gente. Ai... que o tempo nao volta atras. :-(

Continuo em Toquio, esta cidade e' um gigante que me surpreende cada vez mais.

Deixo-te o endereco do meu blog http://rebordao.blogspot.com

Abracos e continua a sentir

Also Feliz Natal

Anónimo disse...

são essas histórias que eu gostava de ouvir... que me revelasses os teus segredos com segurança.

Nada acabou apesar de "algumas portas se terem fechado"... deixa m entrar no teu mundo e fzer parte dele deixa que tudo começe e continue...

talvex nao para um caminho... aliciante mas não premitido...
mas existe um outro... é só deixares que eu caminho ctg.

não te bloqueio... não te impeço

Paula Raposo disse...

Existem só uns pequenos intervalos...nada acaba.