18 dezembro 2005

Movimentos...

Indiferente aos movimentos apressados das pessoas que regressavam a casa, também elas, indiferentes ao meu momento, ao meu sentimento… aguardei a tua reacção… Admiraste o meu olhar, naquele instante…
Recordo-o vezes sem conta… o dia do nosso passeio… carregado de coragem mas com a voz cintilante e um olhar denunciador disse-te, “gosto muito… de ti”…

2 comentários:

Dad disse...

Que bonito! Embora seja uma situação de todos, para cada um é sempre única.
Bjito,

Astronauta disse...

Bom Natal e bom 2006