01 maio 2006

Beijar de Fé

Caminho pé ante pé,
creio na tua vida de amor,
porque sou um homem de fé,
que iluminas com o teu esplendor.

Na tua bondade,
aliada à tua pura inocência,
existe uma profunda vontade,
revelada na tua vivência.

No teu beijar,
reside uma mensagem de fé,
um legado para amar
e caminhar ao teu lado sempre de pé.

4 comentários:

marta* disse...

o JP II era um papa com "ar de avôzinho". Tinha um olhar de ternura e sempre foi isso que mais me cativou nele. Além da fé, foi um papa para os jovens para quem tinha sempre "um beijo de fé". Além dele, outro beijar de fé ainda, o do ir. Roger :)

Paula Raposo disse...

Fé...é bom quem a tem. Beijos.

*Belynha* disse...

Bonito...
Imagem e texto...

Saudades do nosso Papa.

croqui disse...

um beijo de pureza, na inocência de uma criança...

mais do que um beijo na criança, foi um beijo para o mundo, que deveria ser eternamente "criança".

Gostei muito do poema